192.168 o 1

É com a configuração que os roteadores passam a funcionar em consonância com o que os internautas precisam. Para ela acontecer, um dado numérico tem de ser usado com o navegador e ele é o Internet Protocol, uma quantidade de números que farão com que o painel de configurações seja mostrado.

Há roteadores que trazem um Internet Protocol específico e que não deixa que o usuário use o painel se colocar outro IP. Contudo, é possível determinar por conta qual será o IP na maioria dos equipamentos assim, menos o 192.168 o 1. Mesmo que ele seja confundido com um dos Internet Protocols reais, é necessário que se explique aos internautas que ele é unicamente um erro de digitação.

O que os internautas deveriam por em seu navegador para o acesso é o número 192.168.0.1, tendo tanto pontos a mais quanto o número “zero” em vez da letra “o” minúscula. É claro que se nota como esses enganos são razoáveis, mas isso não impede que o 192.168 o 1 não seja utilizado.

Mesmo que ele seja uma sequência numérica errada, ele não é, de maneira alguma, perigoso. Por isso, os indivíduos que estavam tentando configurar e que agora descobriram que é porque o IP estava errado não devem ficar inseguros: removendo esse Internet Protocol do navegador e colocando-o corretamente, pode-se fazer a configuração.

O 192.168 o 1 tem um login?

Sendo esse IP acessado, existirá uma tela na qual os internautas deverão escrever o login que têm. Vale dizer que quem pede esse login é a fabricante do roteador (ou, para os que usam, do modem) e que não é o Internet Protocol que requer isso. Outra observação é relativa a como é que se consegue esse login.

Alguns internautas  apenas colocam o que escolheram como senha e como nome de usuário, mas nem todos os equipamentos deixam que se escolha assim: às vezes, a fabricante determina previamente como será esse login e apresenta-o no manual de instruções. Um espaço onde esse login costuma vir é na etiqueta.

Algumas das configurações que os roteadores permitem são completamente desnecessárias: apesar de elas serem permitidas, elas podem ficar como vêm da fabricante sem quaisquer prejuízo e seguir com essa configuração até quando pararem de funcionar. Contudo, há campos que não vêm selecionados exatamente porque o usuário tem de fazer isso, como o mode: para esse, é fundamental que se esteja com o PPPOE determinado.

E quando o 192.168 o 1 está com outro mode?

Primeiramente, o mode é uma característica do equipamento em si. Todavia, se a pessoa usou o Internet Protocol e viu que o painel de configuração está com um mode diferente, é só mudar. Clicando em uma pequena seta, mais opções de mode serão mostradas e o internauta escolhe.

Destaca-se que o mode não é apenas uma escolha aleatória que o usuário faz, mas que ele, estando errado, não vai deixar que se navegue. O manual de instruções também pode trazer outros modes para o roteador.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.